Copy
Se não conseguir visualizar correctamente esta newsletter clique aqui.
Fundação Gonçalo da Silveira Fundação Gonçalo da Silveira
ONGD Jesuíta
Estrada da Torre nº26
1750-296 Lisboa

T +351 217 541 627 / +351 217 541 620
F +351 217 541 629

Facebook   www.fgs.org.pt   geral@fgs.org.pt
 
Foto
 

Espírito de missão!

A urgência em dar continuidade à nossa missão impõe-nos um ritmo de trabalho próprio e dois meses passaram a voar! Durante este período celebrámos os 9 anos de existência, reafirmando a nossa identidade muito própria: somos o rosto das missões da Província Portuguesa da Companhia de Jesus e abraçamos uma missão maior enquanto Organização Não Governamental para o Desenvolvimento (ONGD) de plena expressão. Somos espírito de missão e a nossa vocação é dar a mão!

Trabalho colaborativo, em rede, formação e educação, são palavras que se assumem como verdadeiros intentos no quotidiano da FGS. Um quotidiano que queremos que seja cada vez mais frutífero em prol do desenvolvimento humano integral e da cidadania global e que queremos continuar a partilhar com todos vós, pois todos são parte desta nossa missão! Assim, nesta edição da nossa newsletter não podíamos deixar de partilhar o Relatório de Atividades de 2012 para além de dar a conhecer as ações que têm movido este corpo inteiro que é a FGS!

Teresa Paiva Couceiro
Presidente de Direção


 
 
 
  APOIO AO DESENVOLVIMENTO  
 
 
 
  EDUCAÇÃO PARA O DESENVOLVIMENTO  
 
 
 
 

Formação de voluntários GASNova

Decorreu com sala cheia, no passado dia 14 de maio, a formação em Cooperação para o Desenvolvimento destinada aos voluntários do Grupo GASNova. O objetivo: proporcionar conhecimentos de base sobre o tema. A formação, que esteve a cargo da FGS, permitiu desmistificar os conceitos de Cooperação, de Desenvolvimento e de ONGD e foi mais longe apresentando a evolução e modelos de trabalho em Cooperação e clarificando os propósitos da Cooperação para o Desenvolvimento por oposição à Ajuda Humanitária de Emergência. A iniciativa integra o plano formativo destinado à melhor preparação dos voluntários para as ações que realizam fora de Portugal e foi precedida por outra sessão, realizada em abril com o mesmo grupo e subordinada ao tema da Educação para o Desenvolvimento.

Bicicletas simplificam tarefa a agricultores e pescadores

São presentes solidários que marcam a diferença!

Beneficiários com as bicicletas

O Natal de 2012 já ficou para trás, é certo. Mas alguns presentes demoram um pouco mais a chegar, relembrando-nos que - se verdadeiramente úteis - são bem-vindos em qualquer altura do ano! Foi o que aconteceu no passado dia 24 de abril com a entrega das 28 bicicletas a pescadores e agricultores da zona rural de Nhangau, em Moçambique, iniciativa da FGS e do CISA – Centro de Investigação Santo Agostinho, em resultado da Campanha “Presentes Solidários” de 2012. Em muitos contextos rurais moçambicanos este é o meio de transporte mais fiável, atendendo às precárias condições das vias de deslocação. Para os beneficiários, agricultores e pescadores da isolada zona rural de Nhangau, as mudanças são inegáveis. Num local em que o mercado mais próximo dista 7 km, normalmente percorridos a pé, com enormes carregamentos, passa-se agora a conseguir chegar mais rápido e com menos esforço a esta e outras zonas de comércio, onde a comunidade poderá vender o excedente dos seus produtos e, assim, obter receita. “Desejo a todos os que receberam as bicicletas que pedalem muito e que isso os ajude na vida do dia a dia ”, foram os votos de Miguel Arrobas, padrinho desta Campanha.

A todos os que participaram nesta campanha, muito obrigada!


O que é uma casa sem comida?

“A terra agrícola que recebemos é vermelha e não preta como tínhamos antes. Tentei cultivar milho e morreu. A mapira também falhou. A nova casa é apenas uma casa. (…) Eu não posso comer a minha casa”. Maria, agricultora reassentada, é uma das vozes do Relatório da Human Rights Watch que avalia o impacto do reassentamento resultante da exploração dos recursos minerais na província de Tete, em Moçambique. Um retrato dos efeitos do boom de investimento estrangeiro no setor e consequente reassentamento das comunidades. Lacunas no Decreto de Reassentamento adotado pelo Governo em 2012 e falta de comunicação entre as partes envolvidas são alguns dos tópicos analisados num documento que alerta para “distúrbios significativos e persistentes ligados ao acesso a alimentos, água e trabalho”. Aceda ao Relatório aqui.


 
 
 
 

Passo a passo para a construção de uma rede nacional de Educação para a Cidadania Global em contexto escolar
 


A cidade de Estremoz acolheu, no passado dia 18 de maio, um Encontro de trabalho entre educadores e educadoras em torno da Educação para a Cidadania Global (ECG). Enquadrada no projeto “Reinventar Fronteiras” esta 5ª reunião teve como objetivos validar e finalizar os pontos centrais de um referencial para a futura rede nacional de Educadores/as pela ECG em contexto escolar e, ainda, elaborar o plano de trabalho para o próximo ano letivo.
Ainda no âmbito do mesmo projeto teve lugar, no passado dia 31 de maio, um Encontro Local de Educadores/as, numa organização conjunta entre a Câmara Municipal do Seixal, o CIDAC e a FGS. A iniciativa, que contou com a participação de 14 educadores/as, teve por fim reforçar o papel do/a educador/a de cidadania global, partilhar experiências e materiais no âmbito da ECG e ainda reforçar a ideia de criação de uma dinâmica local em meio escolar.



Educação para o Desenvolvimento e outras Educações para…

A FGS participou nas III Jornadas de Educação para o Desenvolvimento que aconteceram no passado dia 30 de maio no Auditório do Camões – Instituto da Cooperação e da Língua. Subordinada ao tema “Educação para o Desenvolvimento e outras Educações para…”, esta edição contou, entre outros participantes, com a presença das entidades subscritoras do Plano de Ação da Estratégia Nacional de Educação para o Desenvolvimento (ENED).


Breves:

Igualdade de Género no Instituto Nun’Alvres: entre os dias 29 e 30 de abril, a FGS levou o tema da Igualdade de Género às turmas do 11º ano do Instituto Nun’Alvres (INA). Foram cinco as sessões, enquadradas no trabalho do Grupo Escolar Diálogos, em que convidámos os alunos/as a olharem esta questão numa perspetiva global e a nela refletirem enquanto cidadãos do mundo.

Semana de Ação Global pela Educação 2013: feitas as contas foram quarenta e seis as instituições e cerca de 4.000 os participantes na última Semana de Ação Global pela Educação (SAGE) que decorreu entre os dias 21 e 27 de abril. “Todas as crianças precisam de um professor” foi o apelo deste ano! Veja algumas das atividades realizadas nas escolas aqui.

SAGE 2013

Recursos pedagógicos - escolas continuam a utilizar “1 Dia para Agir” e Felpa: os nossos recursos pedagógicos “1 Dia para Agir” e “Felpa” continuam a demonstrar ser ferramentas de grande utilidade para educadores e educadoras. Prova disso são as muitas atividades realizadas em contexto escolar durante este ano letivo  e que têm vindo, continuamente, a chegar à nossa equipa. Veja algumas destas atividades aqui.


 
 
 
 
 
Relatório de atividades 2012: ao longo do ano passado fomos procurando potenciar aquilo que somos e o que já fazemos, medindo sucessos e avaliando dificuldades, sempre com a tónica em melhorar e aperfeiçoar onde e sempre que necessário. Consulte aqui o Relatório de Atividades de 2012!

Marque na agenda! Encontro Nacional “A escola no mundo e o mundo na escola” - 6 de julho , em Lisboa (local ainda a determinar). Mais informações em breve em www.fgs.org.pt!


Campanha Zeladores
 
 
A Fundação Gonçalo da Silveira tem uma política muito restrita sobre o envio de e-mails, não o fazendo em circunstância alguma sem a autorização do seu destinatário. Caso deseje deixar de receber mensagens desta natureza, entre aqui para que o seu contacto <<Email>> seja retirado da respectiva lista. Muito obrigado.

© 2010 Fundação Gonçalo da Silveira